HISTÓRIA
primário

O Rio de Janeiro novamente corte: Império

Mestre do Tempo

A abdicação de D. Pedro I, os governos regenciais, os “barões do café”, a expansão da cidade do Rio ao longo dos trilhos dos trens e dos bondes, o governo de D. Pedro II e as ideias que culminaram com a proclamação da República.

Assista

Arqueologia ou bancando o Indiana Jones

MultiClube

A arqueologia não é uma atividade somente de personagens de cinema e de videogame. Neste episódio, conheça alguns profissionais de verdade que estudam o passado da humanidade no Rio de Janeiro, no México e no Egito.

Assista

Aqui neste mesmo lugar... O tempo dos vice-reis

Mestre do Tempo

A transformação do Rio de Janeiro em centro econômico e administrativo da América portuguesa, como sede do vice-reinado, em 1763. O início da expansão da cidade a partir do centro histórico.

Assista

Um vai e vem de pessoas e de coisas

Mestre do Tempo

A história da fundação do Rio de Janeiro, a missão da expedição de Martim Afonso de Sousa, a França Antártica e as batalhas que culminaram no estabelecimento da cidade.

Assista

O Rio de Janeiro: vitrine, cartão-postal e capital federal

Mestre do Tempo

A modernização e expansão do Rio de Janeiro como capital da República, a Constituição de 1891 e a criação do Distrito Federal. As reformas de Pereira Passos, a Era Vargas e a fundação de Brasília. A história dos primeiros carnavais, das regatas e das partidas de futebol.

Assista

Um Rio de muitos janeiros

Mestre do Tempo

As reformas urbanas do estado da Guanabara e a fusão com o estado do Rio. A mudança da capital do país para Brasília, os festejos da comemoração do IV Centenário da cidade em 1965, o surgimento da bossa nova e as obras do Aterro do Flamengo.

Assista

O Rio antes do Rio

Mestre do Tempo

A chegada dos portugueses ao Rio de Janeiro pela Baía de Guanabara. Os rios, o litoral carioca, a Mata Atlântica e as expedições exploradoras para conhecer a geografia da nossa cidade.

Assista

O Rio de Janeiro no presente

Mestre do Tempo

A natureza do Rio de Janeiro, as inovações tecnológicas, a economia sustentável, a inclusão digital, o Rio como polo de cinema, a gastronomia carioca e mais sobre a cultura da cidade.

Assista

ginásio

Aula 07 – Pré-revolução francesa

Tempo de Estudar – História – 8º Ano

O contexto social da França antes da revolução. Os três estados da sociedade francesa, a Guerra dos 7 anos, a Assembleia dos Estados Gerais e muito mais para entender as causas da Revolução Francesa.

Assista

A Balaiada

O Mochileiro do Futuro

Em 1838, na província do Maranhão, teve início a Revolta da Balaiada. Sertanejos pobres, índios e escravos fugidos se uniram para lutar contra as injustiças sociais da época. O movimento se estendeu para as províncias do Piauí e do Ceará e durou até meados de 1841,quando o governo iniciou uma violenta repressão.

Assista

A Revolta dos Malês

O Mochileiro do Futuro

Em 1835, africanos escravizados e libertos que seguiam o islamismo (malês), revoltaram-se contra a escravidão e a imposição da religião católica. O movimento aconteceu em Salvador e recebeu o nome de Revolta dos Malês.

Assista

Aula 01 – Crise de Roma

Tempo de Estudar – História – 7º Ano

O Império Romano e as principais causas da crise de Roma, que levou à fragmentação e ao posterior surgimento de vários países na Europa e de um novo sistema de governo: o feudalismo.

Assista

Aula 08 – Revolução Francesa

Tempo de Estudar – História – 8º Ano

A França durante a revolução. A Assembleia Nacional Constituinte e a Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão, quem foram os Girondinos, Jacobinos e Montanha. O segundo momento da Revolução Francesa conhecido como Convenção Nacional.

Assista

Aula 04 – Revoltas anticoloniais

Tempo de Estudar – História – 8º Ano

Conheça as motivações e inspirações que deram origem a revoltas anticoloniais no Brasil do século XVIII, em especial a Inconfidência Mineira e a Conjuração Baiana. Aprenda também algumas semelhanças e diferenças entre esses dois movimentos.

Assista

Aula 15 – Absolutismo

Tempo de Estudar – História – 7º Ano

O processo de concentração de poder nas mãos dos monarcas; os arranjos políticos entre reis, nobreza, burguesia e igreja que deram origem ao Estado nacional moderno; o simbolismo de Luís XIV.

Assista

Aula 09 – Era napoleônica

Tempo de Estudar – História – 8º Ano

O terceiro momento da Revolução Francesa: o Diretório. A ascensão de Napoleão Bonaparte e o golpe do 18 Brumário. A coroação de Napoleão como Imperador da França e a expansão do império francês. As guerras contra a Inglaterra, as derrotas do exército francês e o Congresso de Viena.

Assista

eja

Peja

#educa

O professor de História Sérgio Nasser, da E.M. Doutor Cocio Barcellos (2ª CRE),em Copacabana, fala sobre o Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja) e os desafios de uma sala de aula com alunos de diferentes idades.

Assista

práticas docentes

Peja

#educa

O professor de História Sérgio Nasser, da E.M. Doutor Cocio Barcellos (2ª CRE),em Copacabana, fala sobre o Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja) e os desafios de uma sala de aula com alunos de diferentes idades.

Assista

A nova História

#educa

Os professores Diego Knack, do Ginásio Carioca Anísio Teixeira (11ª CRE), e Fábio Carvalho, da Escola Municipal Mendes Viana (5ª CRE), apresentadores do Tempo de Estudar - História, falam sobre sobre novas metodologias e interdisciplinaridade no ensino de História.

Assista

Combatendo o preconceito com conhecimento

Ensinar e Aprender

Qual É a Graça é o nome do projeto do professor de Ciências Luiz Henrique de Melo Rosa, da E.M. Herbert Moses, no Jardim América (4ª CRE). Questões ligadas ao preconceito e à escravidão, além da importância dos heróis afro-brasileiros para a construção da identidade nacional, são discutidas em um jardim temático que ele criou na escola. Para garimpar novas plantas, ele frequenta feiras e hortos florestais como o de Guaratiba. 

Assista

Rolé na Penha - E.M. Bernardo de Vasconcellos

Práticas que Transformam

O professor de História Wander Pinto, da E.M. Bernardo de Vasconcellos (4ª CRE), na Penha, construiu com seus alunos o projeto Rolé na Penha. Os estudantes fizeram mapas afetivos do trajeto entre suas casas e a escola. A partir daí, elaboraram dois roteiros turísticos do bairro da Penha. Ao dar voz aos alunos, Wander trabalha conceitos como protagonismo juvenil, turismo comunitário, história local e autoestima.

Assista

Rachaduras sociais

Coletivamente

Professor de História nas redes municipal e estadual, Marcelo Alves Teixeira criou o projeto Rachaduras Sociais para discutir a cidadania a partir da Constituição de 1988. O trabalho se expandiu para um portal colaborativo, alimentado pelos próprios alunos. 

Assista

conexão sme

Peja

#educa

O professor de História Sérgio Nasser, da E.M. Doutor Cocio Barcellos (2ª CRE),em Copacabana, fala sobre o Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja) e os desafios de uma sala de aula com alunos de diferentes idades.

Assista

história

Os Quebra-Quilos

O Mochileiro do Futuro

No final do século XIX, a população se revoltou contra o governo imperial, que decidiu padronizar o sistema métrico brasileiro, seguindo o padrão europeu. Os conflitos começaram na Paraíba e logo alcançaram as províncias de Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte. A repressão ao movimento foi violenta até que, em 1875, os presos foram soltos e anistiados.

Assista

Aula 15 – Absolutismo

Tempo de Estudar – História – 7º Ano

O processo de concentração de poder nas mãos dos monarcas; os arranjos políticos entre reis, nobreza, burguesia e igreja que deram origem ao Estado nacional moderno; o simbolismo de Luís XIV.

Assista

Rolé na Penha - E.M. Bernardo de Vasconcellos

Práticas que Transformam

O professor de História Wander Pinto, da E.M. Bernardo de Vasconcellos (4ª CRE), na Penha, construiu com seus alunos o projeto Rolé na Penha. Os estudantes fizeram mapas afetivos do trajeto entre suas casas e a escola. A partir daí, elaboraram dois roteiros turísticos do bairro da Penha. Ao dar voz aos alunos, Wander trabalha conceitos como protagonismo juvenil, turismo comunitário, história local e autoestima.

Assista

Cultura e escola

Como Vivemos

A educação como parte da história das sociedades, sendo as escolas a principal representação desse sistema de valores culturais. Em destaque, unidades escolares de Israel, China, Tailândia, França, Faixa de Gaza, Índia e Sudão. 

Assista

Um Rio de muitos janeiros

Mestre do Tempo

As reformas urbanas do estado da Guanabara e a fusão com o estado do Rio. A mudança da capital do país para Brasília, os festejos da comemoração do IV Centenário da cidade em 1965, o surgimento da bossa nova e as obras do Aterro do Flamengo.

Assista

Arquitetura e cultura

Como Vivemos

As diferentes habitações traduzem o modo de viver de árabes, latinos, europeus e americanos, desde a Antiguidade às modernas cidades do futuro. 

Assista

Tecnologia e cultura

Como Vivemos

Pensar cultura atualmente é pensar também em tecnologia. A presença marcante da tecnologia em nossa rotina a transforma em fator identitário da contemporaneidade. Inovações criadas em rede por campos tecnológicos de vários países. A tecnologia se expande, modificando o modo de vida moderno ao redor do mundo.

Assista

Monumentos e cultura

Como Vivemos

Presentes em todos os continentes há milênios, os monumentos são testemunhas materiais de personalidades importantes ou situações de grande relevância para uma determinada cultura. O programa visita França, Estados Unidos, Egito e Alemanha e revela a magnitude dessas obras e como elas se relacionam com a cultura local e mundial.

Assista