CIDADANIA
educação infantil

Fabiana

Gente da Escola

Conheça a professora de Educação Infantil Fabiana Rego, do EDI Maria Braz (3ª CRE), no Lins. Nascida na Bahia, ao chegar ao Rio ela percebeu que o negro e a cultura africana não eram devidamente representados dentro das escolas. Passou a confeccionar bonecos em tecido para representar os diferentes tons de pele dos brasileiros e a incluir instrumentos musicais de origem africana em suas aulas. Com esses elementos, e com o auxílio de histórias, Fabiana busca mostrar para seus alunos a influência africana na formação da nossa cultura, fortalecendo a autoestima de seus alunos negros.

Assista

A gente brinca junto

UniDuniTV

Lições sobre a vida em grupo, a solidariedade e a generosidade.

Assista

Mundo Novo

Coletivamente

O Instituto Educacional e Cultural Mundo Novo, em Mesquita, na Baixada Fluminense, começou como um projeto familiar. Hoje, após mais de dez anos em atividade, trabalha em parceria com instituições como o Senac e o Sesi, oferecendo alfabetização para crianças e cursos e oficinas profissionalizantes para jovens e adultos.

Assista

ginásio

Planeta Brasil

Curiosos por Natureza

Os três poderes que constituem o governo brasileiro. O que é democracia representativa, as características do nosso país, as riquezas naturais e a geografia do Brasil em contraste com as desigualdades sociais.

Assista

Formação cidadã

Coletivamente

Alunos e ex-alunos do colégio Cruzeiro realizam trabalho voluntário no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, além de darem aulas de reforço escolar para alunos de escolas públicas.

Assista

eja

Spectaculu

Coletivamente

Na escola Fábrica de Espetáculos, jovens entre 17 e 21 anos, de diferentes municípios do Rio de Janeiro, participam de aulas e oficinas de cenografia, iluminação, confecção de adereços e outras atividades ligadas à produção de shows, peças de teatro, etc. O curso completo, com duração de dois anos, é gratuito.

Assista

Lourival

Gente da Escola

O padeiro Lourival Soares, aluno do Centro Municipal de Referência de Educação de Jovens e Adultos – Creja (1ª CRE), no Centro, teve que parar de estudar quando cursava a antiga 5ª série, atual 6º ano. Mais de 20 anos depois, ele voltou à escola para poder crescer profissionalmente. Está terminando o Ensino Fundamental e pretende concluir o Ensino Médio. Além de estudar, trabalhar e cuidar da família, Lourival ainda pratica muay thai.

Assista

Jorge

Campanha Peja

Jorge Ferreira estuda na mesma escola que seu filho Daniel, de 13 anos. O pai quis concluir os estudos para ajudar e servir de exemplo ao filho.

Assista

Dona Nonete

Campanha Peja

Nonete dos Santos entrou em uma sala de aula de aula pela primeira vez com mais de 70 anos. Ela fez questão de começar a estudar porque se achava inferior por não saber ler nem escrever.

Assista

Joelma

Campanha Peja

Joelma de Souza parou de estudar aos 13 anos. Mãe de seis filhos, ela superou o vício em drogas e voltou à escola.

Assista

gestão escolar

Ana Rosa

Gente da Escola

Acompanhe a trajetória e a rotina de Ana Rosa Dourado, diretora da E.M. O'Higgins (8ª CRE), em Bangu. Ex-aluna da escola, ela estudou contabilidade, entrou para a rede municipal de ensino como merendeira, tornou-se professora e teve a oportunidade de trabalhar na unidade em que estudou e cresceu.

Assista

Vera

Gente da Escola

A diretora-adjunta Vera Bastos, da E.M. Cuba (11ª CRE), na Ilha do Governador, leva sua paixão pela leitura e pela escrita para o trabalho. Além de auxiliar na direção da escola, ela participa de oficinas de escrita e tem poesias publicadas. Um de seus projetos mais bem sucedidos consiste em, anualmente, montar uma peça escrita por alunos em homenagem a um escritor e apresentá-la na Academia Brasileira de Letras.

Assista

Evasão x avaliação

#educa

Qual é a relação entre avaliação e evasão escolar? O professor Ruben Klein, presidente da Associação Brasileira de Avaliação Educacional (Abave), responde a essa pergunta e explica, também, como uma avaliação em grande escala influencia a vida do aluno e a gestão escolar.

Assista

Gilberto

Gente da Escola

Acompanhe a rotina de Gilberto Baroni, secretário da E.M. Tobias Barreto (3ª CRE), no Encantado. Ele também oferece aulas de reforço aos alunos da escola, voluntariamente. Fora do trabalho, Gilberto se dedica ao carnaval como membro da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel.

Assista

Foco na infância

#educa

A diretora Luzinete Costa dos Santos, do Ciep Maestro Heitor Villa-Lobos, localizado em uma comunidade conflagrada, explica como a escola pode influenciar positivamente a vida de seus alunos. Luzinete e sua equipe buscam oferecer condições para que as crianças possam ter foco na vida escolar e pessoal.

Assista

Sandra

Gente da Escola

Conheça a vida de Sandra Félix, coordenadora pedagógica da E.M. Maestro Francisco Braga (11ª CRE), na Ilha do Governador. Em sua função, ela oferece condições para que o professor se aprofunde em sua área de atuação e promove a integração de toda a escola. Sandra se destaca por sempre organizar atividades fora de sala de aula e é, também, maratonista.

Assista

Gestão escolar

Conceito & Ação

Neste episódio, a pedagoga Débora Dias Gomes fala sobre liderança, elaboração e implantação de um projeto político-pedagógico nas escolas, incentivo à participação da comunidade e dos pais e outros temas relacionados à gestão escolar.

Assista

Movimento e cidadania

Ensinar e Aprender

Apaixonado por voleibol, o professor de Educação Física Antônio Costa, da E.M. Leonel Azevedo (11ª CRE), em Portuguesa, na Ilha do Governador, é responsável por projetos sociais como o Vôlei na Rede, do Instituto Compartilhar. Para ele, o esporte influencia a formação do indivíduo, incentiva o surgimento de novas lideranças e estimula a cooperação.

Assista

práticas docentes

Cultura indígena

#educa

A professora Daniele Rodrigues, coordenadora pedagógica do Ciep Poeta Cruz e Sousa, em Realengo, promove a cultura indígena durante todo o ano, não apenas no Dia do Índio. Ela orienta seus alunos a produzirem animações que retratam a diversidade dos povos indígenas do Brasil. Os vídeos são exibidos em festivais e fazem parte do acervo do Museu do Índio.

Assista

Vera

Gente da Escola

A diretora-adjunta Vera Bastos, da E.M. Cuba (11ª CRE), na Ilha do Governador, leva sua paixão pela leitura e pela escrita para o trabalho. Além de auxiliar na direção da escola, ela participa de oficinas de escrita e tem poesias publicadas. Um de seus projetos mais bem sucedidos consiste em, anualmente, montar uma peça escrita por alunos em homenagem a um escritor e apresentá-la na Academia Brasileira de Letras.

Assista

Teatro científico

Coletivamente

Ao promover a leitura de textos teatrais nas aulas de Física, Márcio Medina, do Colégio QI, conquistou a adesão de professores de outras disciplinas para a iniciativa. Com isso, além de melhorar o desempenho escolar da turma, motivou o interesse pelo teatro. Seus alunos montaram o Núcleo de Teatro Científico/Nutec, que desde 2007 se apresenta em salas cariocas e já conquistou prêmios em festivais.

Assista

E.M. Carlos Lacerda

Escolas Cariocas

Alunos e professores do Ginásio Carioca Carlos Lacerda (7ª CRE), na Taquara, refletem sobre as características da proposta implementada pela escola: horário integral, professores com carga horária de 40 horas, projeto de vida, protagonismo juvenil, entre outras.

Assista

Todo o mundo na Rede

#educa

As escolas da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio recebem cada vez mais alunos de diversas partes do mundo, como Haiti, Angola, Síria, entre outros. A professora e pesquisadora da UFRRJ Miriam Santos fala sobre como a comunidade escolar pode aproveitar esse intercâmbio cultural.

Assista

Sebastião

Gente da Escola

Saiba mais sobre a vida de Sebastião Chuab, agente educador do Ginásio Experimental Olímpico Juan Antonio Samaranch (1ª CRE), em Santa Teresa. Além de orientar o comportamento dos alunos, ele cuida do ambiente escolar e da manutenção predial. Sebastião também é instrutor de uma oficina eletiva de artesanato em madeira e estuda História na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Assista

Elias

Gente da Escola

Descubra a rotina de Elias Monteiro, que trabalha na E.M. Estados Unidos (1ª CRE), no Rio Comprido, como merendeiro, uma profissão exercida majoritariamente por mulheres. Morador da Baixada Fluminense, ele teve sua primeira experiência na preparação de alimentos no exército. Sorridente e de bem com a vida, Elias fala sobre seu trabalho e sua relação com os alunos.

Assista

Ações socioeducativas – Degase

Coletivamente

Oficinas de lego e robótica foram os recursos utilizados pela professora Sandra Caldas em atividades extraclasse no Colégio Estadual Silvia Paim, com jovens internas no Departamento Geral de Ações Socioeducativas do Estado do Rio de Janeiro (Degase), que ganharam, inclusive, um prêmio internacional com o projeto “cadeira sambista”. O trabalho com o brinquedo, além de divertir, amplia o conhecimento e ajuda no resgate da autoestima.

Assista

conexão sme

Gestos

Aqui É um Lugar de Paz

Alunos da Rede Municipal de Ensino dão o recado: pequenos gestos fazem a diferença. Os jovens são os protagonistas da mensagem a favor de um ambiente não violento nas escolas. Vídeo gravado no Núcleo de Arte do Leblon com estudantes do 7º e 8º anos da Rede, incluindo jovens da Educação Especial.

Assista

Clipe da Paz - Ciep Roberto Morena

Aqui É um Lugar de Paz

Clipe da música Criança Esperança, composta pelo professor Roberto de Oliveira Ferreira, do Ciep Roberto Morena (10ª CRE). O professor utilizou a canção para acalmar seus alunos durante um confronto armado próximo à escola.

Assista

Dona Nonete

Campanha Peja

Nonete dos Santos entrou em uma sala de aula de aula pela primeira vez com mais de 70 anos. Ela fez questão de começar a estudar porque se achava inferior por não saber ler nem escrever.

Assista

Jorge

Campanha Peja

Jorge Ferreira estuda na mesma escola que seu filho Daniel, de 13 anos. O pai quis concluir os estudos para ajudar e servir de exemplo ao filho.

Assista

Coloque-se no lugar do outro - Conflito

Aqui É um Lugar de Paz

O que separa a brincadeira da ofensa?

Assista

Como se constrói a paz?

Aqui É um Lugar de Paz

Professores e alunos falam sobre as muitas formas de construir a paz.

Assista

Coloque-se no lugar do outro - Peteleco

Aqui É um Lugar de Paz

O que significa a representação da violência por parte de crianças pequenas?

Assista

E.M. Carlos Lacerda

Escolas Cariocas

Alunos e professores do Ginásio Carioca Carlos Lacerda (7ª CRE), na Taquara, refletem sobre as características da proposta implementada pela escola: horário integral, professores com carga horária de 40 horas, projeto de vida, protagonismo juvenil, entre outras.

Assista

cidadania

Pagode

Campanha Antitabagismo

Pagode dos anos 1990 pode voltar a ser moda. Cigarro não.

Assista

Focos de mosquito - versão com Libras

Não Deixe o Aedes Pegar Você de Surpresa

Não acumule água em pratos de vasos de plantas e xaxins. Passe pano ou bucha para eliminar completamente os focos de mosquitos.

Assista

Tirando a Droga de Cena

Curta e Compartilhe

A cerimônia de premiação da edição 2014 do concurso Tirando a Droga de Cena, da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a MultiRio. Os alunos e professores responsáveis pelas 15 produções vencedoras foram homenageados no Núcleo de Arte Leblon.

Assista

É possível mudar

Clipes Aedes - E.M. Adalgisa Monteiro

A ação na Escola Municipal Adalgisa Monteiro, no Condomínio Floresta, em Rio das Pedras (7ª CRE), lembra que é responsabilidade de todos nós auxiliar no combate ao Aedes aegypti. O trabalho foi desenvolvido pelo professor de música, Arnaldo de Oliveira Alves, com todos os alunos do Ensino Fundamental I.

Assista

Saúde da família

Aquela Conversa

A família como centro fundamental de atenção às ações de saúde. Para debater esse assunto, Guilherme Wagner, superintendente de Atenção Primária da SMS-Rio, Sonia Regina, conselheira distrital de saúde, e Vanessa Barcellos, agente comunitária de saúde da SMS-Rio, são os convidados do programa.

Assista

Lixo na rua

Ordem Pública

A importância de manter a cidade limpa.

Assista

Spectaculu

Coletivamente

Na escola Fábrica de Espetáculos, jovens entre 17 e 21 anos, de diferentes municípios do Rio de Janeiro, participam de aulas e oficinas de cenografia, iluminação, confecção de adereços e outras atividades ligadas à produção de shows, peças de teatro, etc. O curso completo, com duração de dois anos, é gratuito.

Assista

Mulheres na educação carioca

#educa

A professora e pesquisadora de gênero e diversidade Cláudia Reis explica como o feminino entrou na educação e relembra as grandes mulheres nesta área. A especialista também fala sobre a importância do ensino de gênero nas escolas desde os primeiros anos, com foco no respeito e na construção de relações cada vez mais equânimes entre homens e mulheres.

Assista