assistindo agora...

Enquadra ou desenquadra?

As diferenças entre atos de indisciplina e atos infracionais no âmbito escolar; a importância de regras de convivência; a normatização excessiva de comportamentos na escola.

Comportamento
Conflito
Educadores
Práticas Docentes
O que eu faço com o que fazem comigo?
O preconceito como causa primordial de conflitos; o fenômeno do bullying; a importância e a inevitabilidade dos conflitos durante a vida.
Parem com isso!
Causas e consequências de episódios de agressividade na Educação Infantil e seus efeitos no desenvolvimento da criança. O significado e a importância da brincadeira nessa fase da vida.
Cada um no seu quadrado?
A Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente e o papel da escola enquanto parte dessa rede; a articulação com instituições de saúde e assistência social.
Se ela dança, eu danço?
Conflitos como parte inerente à convivência humana; a diversidade de personagens, relações e ambientes presentes em uma escola.
Ficha Técnica

Indicação: escola e sociedade Formato: esquetes/debate Redação: Ivan Kasahara Roteiro, apresentação e mediação: Ernesto Piccolo Direção: Miguel Przewodowski

Ensaios sobre a Não Violência
2018
Conflito
Educação
Paz
Séries
Busca retratar e refletir sobre os diferentes tipos de conflito que ocorrem na escola. A plateia, composta por membros da comunidade escolar, encena esquetes nos quais cada um assume papeis diferentes dos seus na vida real. A partir daí, acontece o debate sobre possibilidades e estratégias de abordagem das situações apresentadas.
Episódios
O que eu faço com o que fazem comigo?
O preconceito como causa primordial de conflitos; o fenômeno do bullying; a importância e a inevitabilidade dos conflitos durante a vida.
Parem com isso!
Causas e consequências de episódios de agressividade na Educação Infantil e seus efeitos no desenvolvimento da criança. O significado e a importância da brincadeira nessa fase da vida.
Enquadra ou desenquadra?
As diferenças entre atos de indisciplina e atos infracionais no âmbito escolar; a importância de regras de convivência; a normatização excessiva de comportamentos na escola.
Cada um no seu quadrado?
A Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente e o papel da escola enquanto parte dessa rede; a articulação com instituições de saúde e assistência social.
Se ela dança, eu danço?
Conflitos como parte inerente à convivência humana; a diversidade de personagens, relações e ambientes presentes em uma escola.