09 Novembro 2020
0
0
0
s2sdefault
 
Alunos da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro (Foto: Alberto Jacob Filho)

Dias 11 e 12 de novembro, a MultiRio transmite pelo seu canal no YouTube o IV Seminário Étnico-Racial: Infâncias, singularidades e práticas culturais, que trará experiências práticas e reflexões sobre o tema relacionadas à Educação Infantil. A roda de conversa virtual será ao vivo e os espectadores poderão fazer perguntas durante o evento. Além disso, os profissionais da Rede Pública Municipal de Ensino que enviarem sua avaliação ao final do seminário terão direito a certificado.

Marcelo Fernandes, coordenador-geral da Primeira Infância da SME-Rio, disse, em entrevista ao Portal MultiRio, que as crianças até seis anos são solo fértil para a constituição da identidade e do sujeito como um todo. O educador afirmou ainda que a perspectiva da Rede é que seus alunos possam lidar com as diferenças de forma positiva e não preconceituosa, já que o preconceito também é um dado cultural, aprendido, na medida em que introjeta processos e relações.

O seminário é um momento de compartilhar experiências escolares que rompem com os momentos factuais, em datas como o 13 de maio (Abolição da Escravatura) ou 20 de novembro (Consciência Negra). "Os saberes das diferentes culturas que compõem o povo brasileiro, incluindo os negros e indígenas, devem perpassar o ensino o ano todo", afirmou Marcelo.  

Ele acrescentou ainda que a Educação Infantil possui uma dinâmica própria, com linguagens e interações específicas, sendo necessário promover brincadeiras com sentido, que tragam linguagens de mundo para as crianças. Nessa perspectiva, relatou o coordenador, os alunos da Educação Infantil da Rede têm contato com a capoeira, o samba de roda, o maculelê e o pau de chuva, por exemplo, elementos da memória ancestral. "Os professores utilizam instrumentos de linguagem e processos culturais nas brincadeiras escolares. Essa dinâmica promove identificação dos sujeitos com seus antepassados", explicou Marcelo. O seminário será uma oportunidade para os professores debaterem esses e outros recursos didático-pedagógicos voltados para a E.I.

Para Marcelo, o Brasil não tem como desapegar da África como continente-mãe. "Desde que o país foi fundado, a população negra possui um processo diferenciado, tendo sido escravizada. Precisamos reiterar a identidade negra, valorizar esses sujeitos", disse ele. A legislação dá o suporte legal para a estruturação do ensino e reconhece a história brasileira como sendo constituída por sujeitos de diferentes culturas, contextualizou o coordenador, referindo-se à modificação na Lei de Diretrizes e Bases (2003) e às leis 10.639 (2003) e 11.645 (2008). "Trabalhamos para ampliar a formação dos profissionais que lidam com a Educação Infantil. Nesse esforço, os próprios profissionais se constituem, mudando paradigmas e reconhecendo a pesquisa como importante aliada na relação com os alunos", finalizou Marcelo.

A MultiRio disponibiliza a Coletânea Educação e Relações Étnico-Raciais, com textos, áudios e vídeos sobre personalidades afro-brasileiras e indígenas, bem como experiências pedagógicas na área, material que pode ser útil para para os que trabalham o tema.


Programação

Dia 11, às 9h

Marcelo Fernandes, coordenador-geral da Primeira Infância

Patrícia dos Santos, doutora em Educação pela UFRJ e professora do Departamento de Educação da UERJ em São Gonçalo

Pedro Bárbara, professor de Artes Cênicas e mestre em Educação

Glicia Lins, pedagoga, historiadora e diretora no EDI Medalhista Olímpica Poliana Okimoto (10ª CRE)

Contação de história: Mayume de Maiadeua, C.M. Aldeia dos Curumins (1ª CRE)

Pílula: Humberto Baltar, E.M. VÍtor Meireles (7ª CRE)

 

Dia 12, às 9h

Ana Carolina Lacorte, da C.M. Tia Andreza (3ª CRE)

Estevão Santos, da C.M. Arco-Íris (1ª CRE)

Ariene Vitalino, do EDI Professora Solange Conceição Tricarico (4ª CRE)

Giraldez, do EDI Zélia Gattai Amado (4ª CRE)

Contação de história: Juliana Correia, Projeto Baobazinho

Pílula: Viviane Dutra, do EDI Profa. Kenia Mendes dos Santos Machado (7ª CRE)

Relacionados
Mais Recentes